fbpx

Backlinks na advocacia: ganhe autoridade sendo referência

6 abr, 2020

Imagine que uma revista muito famosa precisa de uma opinião jurídica sua.  

E te chama para uma entrevista.  

Após a publicação, arrisco dizer que o seu nome ficaria mais conhecido.  

E que novos clientes apareceriam para você. 

Afinal, não é qualquer um que é entrevistado por uma revista famosa. 

Para isso, é preciso que, no mínimo, você seja um bom profissional. 

O público, no geral, pensa da seguinte maneira: se está em uma revista, é uma boa referência. 

(Bem lógico, não é?) 

E se eu falasse para você que o Google pensa da mesma maneira na hora de posicionar um site? 

Isso mesmo: o Google posiciona as páginas conforme a quantidade de referências que possuem na internet.  

E faz isso por meio de backlinks.  

Vou explicar melhor nesse texto.

Quer dicas exclusivas sobre marketing jurídico? Entre no nosso grupo do Telegram 

Nesse texto, você: 

  • Aprenderá o que são backlinks 
  • Entenderá como os backlinks podem te posicionar bem no Google 
  • Saberá como detectar os melhores links para o seu site jurídico 
  • Conhecerá o que é preciso para um bom linkbuilding 

O que são backlinks? 

O conceito de backlink é simples de entender.  

Basicamente, qualquer link que está na internet e direciona para o seu site é um backlink.  

Por exemplo, “eu nunca fui amicus curiae no STF ☹ ”. 

Está vendo esse link na palavra STF

Eu acabei de fazer um backlink para o site do Supremo! 

Ou seja, referenciei um link que direciona para a página do STF. 

Backlinks para o site do advogado

Acho que deu para entender o que são backlinks.

Mas não é só isso.

Há 2 tipos de backlink: interno e externo. 

E eles possuem funções diferentes para ajudar no posicionamento no Google. 

Backlink interno 

O Backlink interno é um link que direciona para outra página do mesmo site.  

Por exemplo, eu posso fazer um backlink interno direcionando você para a home do Vademarketing. 

Os backlinks internos servem, basicamente, para aumentar o nível de interação de um usuário com um site.  

Quanto mais backlinks internos, provavelmente maior será o tempo que o leitor ficará nas suas páginas.  

Isso tem uma grande importância para o Google. 

O Google entende que interação e permanência de usuários em um site são boas indicações de que as páginas possuem bom conteúdo. 

Por essa razão, quanto maior a interação e a permanência dos usuários em um site, maior é a probabilidade dele ser bem posicionado no Google. 

Backlinks externos 

Backlinks externos são links de outros sites que redirecionam para o seu site. 

O Google se importa com eles por um motivo bem lógico.  

Quanto mais as páginas de um site são referenciadas na internet, maiores são as chances de ele oferecer bons conteúdos. 

E isso influencia diretamente o seu posicionamento nos resultados Google. 

Afinal, pense só: na vida real, quanto mais as outras pessoas te indicam, maiores são as chances de você ser uma boa referência, não é? 

O Google percebeu essa lógica e incorporou-a ao seu mecanismo de ranqueamento de buscas.  

Eu, sinceramente, acho isso incrível. 

E sou fascinado pelo raciocínio que há por trás dos backlinks. 

Vou contar ainda mais sobre isso e você entenderá porque é tão importante trabalhar com backlinks. 

Quero que meus links estejam em outros sites 

Calma. Antes de tudo, é preciso entender algumas coisas.  

É verdade que links em outros sites aumentam a autoridade das suas páginas no Google. 

E fazem você estar nas primeiras posições. 

Mas é preciso saber algumas coisas antes de sair espalhando links por aí.  

Você precisa saber 3 coisas principais: 

  • Há páginas melhores que outras para colocar links; 
  • Há diversos tipos de links; 
  • E não basta simplesmente colocar o link em outro site.  

Vou explicar cada um desses pontos.  

Há páginas melhores que outras para colocar links 

Links do advogado espalhados na web

Na vida real, o que te transformaria em uma referência mais importante:  

Ser indicado por sua mãe a uma amiga ou ser entrevistado por uma revista famosa? 

Certamente, a segunda opção. 

Sabe por que?  

Porque uma revista famosa é conhecida e valorizada pelo público.  

Ou seja, possui autoridade.  

O Google pensa da mesma forma ao posicionar uma página nos resultados.  

Quanto mais os seus backlinks estiverem em sites conhecidos e influentes, maior é a chance de você estar nas primeiras posições.  

Por exemplo, seus links em sites como Conjur, Jota, Jusbrasil fariam as suas páginas subirem de posição no Google. 

Isso não quer dizer que qualquer site famoso vai gerar bons backlinks para você. 

E nem que backlinks em sites pouco conhecidos sejam inúteis. 

Tudo depende do tipo de link utilizado

Há diversos tipos de links 

Há backlinks que não vão melhorar em nada o seu posicionamento no Google. 

Isso porque há 2 tipos de links mais utilizados: do-follow e no-follow.  

Links do-follow são aqueles que têm o potencial de aumentar a autoridade de um site. 

Links no-follow são o inverso: não aumentam a autoridade de um site.  

Quem escolhe se o link será do-follow ou no-follow são os administradores do site em que você deseja que seus backlinks estejam presentes.  

Se a página que mencionar o seu link classificá-lo como no-follow, você não vai aumentar a sua autoridade.  

(Por mais famosa que ele seja). 

Apenas links do-follow têm o potencial de aumentar a sua autoridade no Google.  

Com eles, as suas páginas podem “puxar” um pouco da autoridade do site famoso.  

Há sites famosos que só permitem links no-follow. 

E há sites pouco conhecidos que permitem links do-follow. 

Backlinks são fundamentais para o SEO na advocacia

Como saber se um site aceita links do-follow? 

Para saber se um site aceita links do-follow há duas alternativas.

Ou você pergunta ao administrador do site, normalmente por email.

Ou você pode verificar de maneira manual.

O vídeo abaixo explica se vale a pena postar em sites com links no-follow e como identificar o tipo de link em cada site.

Não basta simplesmente ter o seu link em outro site  

O advogado não pode fazer spam ao tentar ganhar backlinks

O Google não ranqueia um site apenas de maneira positiva. 

Ele pode ranquear, também, de maneira negativa, fazendo a página ficar mal posicionada.  

Isso ocorre, normalmente, quando o algoritmo do buscador nota que estão tentando driblá-lo.  

Um drible muito conhecido é sair colocando links nos comentários de outras páginas.  

O GOOGLE PERCEBE ISSO. 

E classifica que o site está tentando se posicionar de maneira não orgânica. 

Ou seja, de maneira não natural (forçada).  

Dessa maneira, ele faz as páginas do site caírem posições nos seus resultados.  

#Minha dica 

A minha dica é que você nunca tente enganar o Google.  

Mesmo que possa parecer mais fácil.  

Ele se preocupa com cada detalhe.  

E penaliza sites que tentam burlar as suas métricas de ranqueamento. 

Como conseguir backlinks para o meu site de advocacia? 

Sabe a velha máxima “diga-me com quem andas e te direi quem és”

O Google pensa da mesma maneira. 

E posiciona os sites no Google de acordo com essa lógica.  

Para que você consiga backlinks de sites de autoridade para as suas páginas, você precisa de Linkbuilding. 

O que é linkbuilding?

Rede de linkbuilding do advogado

Linkbuilding significa “construção de links”. 

Ele nada mais é do que uma rede de relacionamento com outros sites para a criação de backlinks.  

Quanto maior for o linkbuilding, certamente, melhor será o posicionamento das suas páginas.  

Um bom linkbuilding depende, antes de tudo, de parcerias.  

E se você quiser ser bem ranqueado no Google, precisará fazê-las.  

Preciso fazer parcerias. E agora? 

Não adianta você sair colocando links em qualquer site da internet. 

Por 2 motivos. 

Primeiro porque há sites que não aumentam em nada a sua autoridade.  

Por exemplos, sites que não aceitam links do-follow. 

Segundo porque colocar links em sites que não tenham nada a ver com o seu conteúdo pode ser configurado como spam pelo Google. 

(E isso pode fazer você ser penalizado.) 

Para fazer parcerias, você precisa: 

  • Produzir conteúdo; 
  • Detectar possíveis sites parceiros;
  • E entrar em contato com eles 

#1 Produza conteúdo 

Advogado produzindo conteúdo

Se você quer parceria, você precisa ter algo a oferecer.  

Não pense que, só por ser advogado, os outros sites vão querer os seus links.  

É necessário dar algo em troca. 

A melhor maneira de fazer com que queiram os seus links é por meio da produção de conteúdo. 

Ao produzir um bom conteúdo, você tem o que oferecer para o público. 

E isso aumenta o interesse de outros sites. 

Vou dar um exemplo!

Imagine só que saiu uma Medida Provisória importante e você produziu um excelente artigo sobre ela no seu blog. 

É bem provável que portais de notícias jurídicos fiquem interessados no seu texto.  

Assim, você pode oferecer que os portais compartilhem em troca de backlinks para você. 

Sensacional, não é? 

Eu sempre falo que produzir conteúdo é algo maravilhoso. 

Com conteúdo, você aumenta a dominância em assuntos. 

E pode, também, criar parcerias de linkbuilding. 

(A produção de conteúdos é a melhor maneira para se posicionar bem no Google.) 

#2 Detecte sites parceiros 

Buscar sites que possam aumentar a sua relevância para o Google é essencial para o linkbuilding. 

Para isso, é preciso utilizar sites com boa autoridade de domínio. 

Autoridade de domínio é uma métrica que indica o quanto um site é autoridade na internet.  

Ela é uma métrica abstrata e há várias ferramentas diferentes para detectá-la. 

Sites com boa autoridade de domínio são sites bons para fazer parcerias de linkbuilding. 

Normalmente, eles são sites influentes, muito referenciados e acessados na internet. 

Exemplos de sites jurídicos com boa autoridade são o Conjur e o Jota, por exemplo. 

No entanto, você não precisa buscar apenas sites jurídicos para parcerias. 

ALIÁS, aconselho que você não se restrinja a eles. 

Você deve buscar sites que tenham a ver com o seu conteúdo.  

Por exemplo, se você é tributarista, você pode fazer parcerias com sites que dão dicas empresariais. 

Inclusive, garanto que isso trará alguns clientes novos para o seu escritório de advocacia. 

#3 Entre em contato com possíveis parceiros 

Parceria do advogado

Se você já está produzindo conteúdos e já detectou bons sites parceiros, é hora de entrar em contato.  

A comunicação é a parte mais importante de todo o processo.  

Ela é determinante para o seu sucesso (ou não) no linkbuilding. 

Para realizar uma boa comunicação, você precisa ser PERSUASIVO. 

É fundamental que você utilize bons argumentos sobre os porquês de uma parceria. 

E apresente conteúdos para isso. 

Você precisa mostra ao possível parceiro o que ele irá ganhar ao fazer um backlink para as suas páginas. 

E, até mesmo, oferecer fazer backlinks para ele em seu próprio site.  

As habilidades de barganha são essenciais na hora de conseguir backlinks. 

É necessário que você ofereça bons argumentos e saiba negociar. 

Para ser mais sincero, é preciso que você mostre que o seu possível parceiro NECESSITA do seu conteúdo. 

Comunique-se de maneira sedutora. 

Eu garanto que os frutos dessa relação são muito positivos e duradouros.  

Atenção! Eu preciso informar uma coisa 

Linkbuilding não é fácil. 

A maioria dos sites que você entrar em contato não vão querer os seus links. 

Talvez nem te respondam. 

Não se preocupe com isso. 

A internet é cheia de sites e oportunidades não faltam.  

No entanto, ao estabelecer uma comunicação verdadeiramente persuasiva, as suas chances aumentam muito. 

Aprimore-se ao máximo. 

Sente que precisa fazer linkbuilding para ganhar backlinks? 

Backlinks são fundamentais para que você aumente a autoridade do seu site. 

E para que, consequentemente, o Google te posicione melhor. 

Não perca tempo. 

Advogado produzindo conteúdo

Pode ser que os primeiros sites que você contatar não queiram os seus links. 

No entanto, se você produzir bons conteúdos e aprimorar a sua comunicação, rapidamente conseguirá backlinks. 

Os sites estão atrás de conteúdos de qualidade – e precisam de parcerias. 

Todo mundo faz parcerias atualmente. 

Então, a minha sugestão é que você comece logo a fazer linkbuilding. 

Quanto mais cedo você fizer, mais rápido você colherá os louros. 

E ficará nas primeiras posições no Google.  

Aproveite essa oportunidade. 

Gostou do texto? Receba outros conteúdos exclusivos no Telegram 

Os melhores conteúdos
de Marketing Jurídico
direto no seu e-mail!

Tudo certo! Seu e-mail está inscrito para receber nossos melhores conteúdos :)

Ops! Algum erro aconteceu. Tente novamente mais tarde.

Vade Marketing will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.